6 comentários sobre “Repúdio ao plágio (2)

  1. acqua disse:

    Nunca tinha visto ao seu blog, vim porque recebi informações de plágio. E fiquei meio sem graça de saber que eu li o texto em questão e cheguei a comentar no blog da pessoal mencionada. Lamento muito, mas sempre digo que quem comete o plágio não tem mais o que fazer porque a escrita é algo tão pessoal, a motivação, as sensações por trás da escrita. Isso tudo é seu e não da pessoa que copiou o texto e mais, ela nunca será você. Então plagiar é algo falho, tolo e sem propósito. Estranho alguém sentir-se bem fazendo isso…
    Abraços meus

  2. tita coelho disse:

    Bruno,
    Vim aqui pq conheço a Grace, Betty, Luci, Meire, etc… Tô chocada! Não sabia ainda dessa situação.
    É muita falta de vergonha na cara isso… E u achava que essa moça era original!
    Abraços

  3. maristela disse:

    Brunno. Contra as provas nao há argumento. Nem de advogado, nem de leigo, nem de admirador que não se conforma que seu mito tinha pés de barro. Por favor: publique todos os plágios, com as datas. Quem tem olhos de olhar, que veja. Quem não quer ver, que fique na escuridão da má fé e da ignorância. abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *