Repúdio ao plágio (5)

Amigos e amigas,

Vocês que acompanham este blog e aqueles que passaram a acompanhá-lo devido aos plágios soofridos por mim devem concorda comigo que grosseria e desrepeito só trazem mal a todos. Pois bem, gostaria de frisar algumas questões sobre toda essa história:

* Eu mantinha minha singela vida de blogueiro normalmente. Nunca tive pretenções de ser um ”pop-star” da blogosfera. Meus blogs eram até então muito mais meus (permita-me a redundância) e para os amigos mais chegados e parentes;

* Por mais que desejasse não tinha plenas condições de saber quem visitava meus blogs.

* Nunca pensei em usar meus textos como minhocas pra pescar pessoas e ganhar admiradores, como já disse outrora: ”Escrevo para mim mesmo, talvez como fuga, talvez como alívio, sempre por prazer, para sobreviver poéticamente no meu próprio universo”.

* Quando soube dos plagios, minha primeira ação foi recorrer ao sistema de buscas do Google e para minha surpresa achei textos no blog da Cris e do Carlos Eduardo;

* ENTREI EM CONTATO com as pessoas que me plagiaram. Com o Carlos Eduardo por email (Quinta-feira, 9 de Abril de 2009, às 11:29). E com a Cris, por meio de comentários em seu blog;


* NÃO OBTIVE NENHUMA RESPOSTA de ambos;

* Então, resolvi mandar email para alguém mais próximo a Cris, o Mário, seu esposo.

* Nenhuma resposta recebi.

* Dias depois, o Mário, começou a postar em seu blog acusações de que eu teria plagiado sua esposa Cris.

Aonde quero chegar?

Antes de acusar as pessoas, eu as procurei. Se elas nao se pronunciaram a mim. o que posso fazer? O que não posso é admitir que agora queiram virar o jogo usando de má fé e atacando pessoas que não tem culpa nenhuma. Como aconteceu neste post do Mário, onde ele atacou a Grace por ela se posicionar ao meu favor.

LIVRE ARBÍTRIO é algo que todo ser humano tem. Se o Mário que ficar a favor da Cris, talvez ele não faça mais que sua obrigação como marido. Mas como cidadão, como ser espiritualizado, isso eu não posso dizer, pois não o conheço!

Creio que agora, que a fogueira foi acessa e outras pessoas estão escolhendo seus lados. Está por vir uma purgação e enfim a Verdade virá a tona em âmbito legal/moral/tecnológico/documental e ético.

Defendo a Betty
Defendo a Lucy
Defendo a Grace.

Defendo a moral. Defendo a mim.

Luto por respeito e transparência.


Post gentilmente dedicado a Grace.

14 comentários sobre “Repúdio ao plágio (5)

  1. Grace Olsson disse:

    Olha, o post de ontem, nao foi necessariamente contra a Cristiane. E sim contra um comentariio da Geórgia no blog do Mário. E que me machucou, onde ela classificava as pessoas que falam sobre o tal plágio como vazias, invejosas, etc. Adjetivos que eu, definitivamente, nao sou. E eu escrevi e o Mario reagiu.
    Assim como vc, eu escrevi a Cristiane, dizendo dos plagios, desde o primeiro momento que comentaram. Isso está com vários meses. Só que ela deletou os comentarios.
    Infelizmente, é isso.
    Nao tenho medo de nada.Nao cometi infracao alguma mas nao VOU FICAR AO LADO DE QUEM COMETE ESSE CRIME.
    BOA SORTE!

  2. maristela disse:

    Brunno, não me arrependo um só segundo de ter abraçado esta luta, porque, como já falei outras vezes, é uma questão não-pessoal, mas ética – o uso não-permitido de criação intelectual sem ao menos creditar a autoria. Na verdade, eu não te avisei sobre o plágio na Cris, eu soube, fui ao blog em que ela te plagiara mais recentemente, vi teus pedidos de retirada do post e aí então comecei a me integrar à tentativa de fazer justiça a quem merece, no caso você. Até porque você sabe cuidar bem do que é seu e já tinha visto que o estavam copiando sem necessidade de alerta.
    E é absolutamente necessário não baixar a guarda e brigar pelo que é nosso. Sempre.
    abraços
    maristela

  3. apoiofraterno disse:

    Nunca recebi este e-mail a que você se refere. Este seu e-mail aqui reproduzido não consta da minha Caixa de Entrada. Vamos notificar o provedor para ver se o localizamos? Se você o enviou? Se ele se perdeu? Se não o entregaram? Nada tenho a opor quanto a isso. Se houver um meio, faremos isso. Quer que eu faça?

    Se eu tivesse recebido o seu e-mail, eu responderia a você, se bem que não sei porque você o enviou para mim se o Fragmentos de Mim não era um blogue meu e sim da Cris. Por que não enviou o e-mail para ela?

    Você está se comprometendo cada vez mais, pois eu nunca te acusei diretamente e foi você quem num post, acusou a Cris de plágio e difamou a imagem dela blogosfera a fora.

    Não sei o que você pretende com essas falsas acusações, contudo continuarei defendendo a VERDADE. Não vou aceitar isso calado. Nunca me indispus com ninguém na blogosfera, mesmo porque não aprecio o estilo “fofoca na net”, mas, infelizmente – ao insistir em acusar sem provas – você está me obrigando a adotar atitudes mais sérias em relação a este assunto.

    ESPERO QUE A VERDADE APAREÇA MESMO!

    DOA A QUEM DOER!

    CUSTE O QUE CUSTAR!

    Mário.

  4. Cristiane disse:

    Brunno,

    Não pude ver seu
    ” comentário/contato ” mencionado neste post, pois meu blog já tinha sido apagado.

    Desejo, sinceramente, que tenha atingido o seu objetivo.

    Como também desejo sinceramente, tudo de bom para você.

  5. luzdeluma disse:

    Agora Mário e Cris aparecem aqui? Meu Deux! como são previsíveis!!

    A verdade não virá, ela está a olhos vistos para quer quiser enxergar! Está tudo documentado! Basta!

    Fica bem!! Beijus

  6. betty disse:

    Nossa, até a Cristiane resolveu aparecer! Saiu da toca, finalmente!

    Ela pode dizer o que quiser, mas quando está só com sua consciencia deve se sentir muito mal.

    E tem mais, os blogs do doce e injustiçado casal foram deletados.
    Quem sabe vão dizer que foram novamente invadidos por “vândalos”…

    Acabou a farsa.

    beijinho

  7. Sheherazade disse:

    Bruno,
    Isso que fizeram com os seus textos é vergonhoso e desonesto. Não podemos nos acomodar a situações assim, a exemplo do que acontece na política, onde os presumíveis “bem-comportados” calam-se ante as “tripulias” dos “meninos travessos” e tudo corre à revelia e em detrimento da ética e da decência. Apoio a Grace, a Luci e a Betty, pessoas de conduta irrepreensível e de comprovado bom caráter, cuja responsabilidade jamais poriam em risco fazendo denúncias vazias, sem consistência. Apoio a você também, um excelente escritor.

    Grande abraço!

  8. Rosamaria disse:

    Bruno
    Como estava por fora perdi de ler o que eles escreveram antes que os blogs fossem deletados, mas se as gurias, minhas amigas, estão te dando força podes contar com a minha.
    Bjim.

  9. Xaxeila disse:

    O Bruno, parabéns por escrever assim tão bem a ponto de ter pessoas que copiam seus textos, kkkkkk, mas é estranho ficar dando control+c e control+v para por no blog, porque o legal do blogue é escrever e eu pensei que todo blogueiro gostasse de escrever, eu tenho ciúmes de alguns textos meus e outros não tenho. Mas eu acho que eu ia levar um susto e me sentiria violentada se eu abrisse um blogue e desse de cara com um texto meu, Deus me livre! Pena que isso aconteceu com você. É a primeira vez que visito o seu blog e admito que gostei muitíssimo dos textos, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *